Arquivo para Obstáculos

Não se deixem barrar por coisas criadas, e não reais.

Posted in Arte de viver with tags , on dezembro 25, 2013 by Helen Ians

mudançaA energia especial desta semana, como acaba de falar a grande senhora, é real. E já pode ser sentida. Assim como muitos de vocês hoje, aqui, sentiram e viram – aqueles que tem percepção e são sensíveis aos sinais da natureza – que, após a tempestade, havia uma luz difusa no céu, como se o por do sol quisesse se atrasar para que pairasse a luz dourada que muitos viram. Os que não viram, verão durante os próximos dias.

Estamos todos contentes, particularmente eu de ter ouvido das pessoas que estiveram comigo esta noite – parece que aprenderam a se desviar dos obstáculos, não ligando muito para eles, não sentando para conversar com eles, como diz o Cacique com grande sabedoria e certo humor. Isto é bem verdade.

Estão se desviando e disse a um deles, aqui, que quando se desviam, com certeza é o tempo que precisam para refletir e não cometer os mesmos erros, digamos assim, que criaram aqueles obstáculos.

Nenhuma energia coloca obstáculos na sua frente só para que você não consiga caminhar. São coisas, ações ou omissões que às vezes fazem de pequenas pedras que vão se amontoando e se tornam algo que parece intransponível.

Mas nada é intransponível quando se mantém a fé, a crença, a credibilidade em si mesmo, de poder identificar, não as pedras do passado mas aquelas que você não pode mais colocar à frente do seu caminho. Como já foi dito, aqui – alguns obstáculos no todo são miragens e as pessoas com quem conversei, e sinto que quase todos vocês, aqui, esta noite, não estão mais vendo miragens.

Fizemos com que vocês vissem a realidade quase que de maneira cruel, se é possível usar este termo, ou mais dura, para que vocês soubessem como se defender. Ou na não defesa, pelo menos trilhar caminhos diferentes daquilo que já dissemos antes.

E agora uma coisa sutil: espero que tenham entendido, filhos, a respeito desta objetividade de não se deixar barrar por muitas coisas que muitas vezes não são barreiras concretas, físicas ou reais, mas criadas – pior, fazem com que vocês acreditem que são reais. Mostramos a realidade, de novo, se não cruel, para que vocês saibam e se lembrem daqui para frente. Ninguém pode criar barreiras para vocês se não  há obstáculos internos que lhes permitam caminhar ao sabor do vento. Este ar puro que vocês viram renovado, em tão pouco tempo, entre a tempestade e a calmaria: é a coisa sutil que gostaria de dizer.

Na outra lua, até disse que muitos têm os seus cestos da colheita que fizeram por merecimento, tão cheios de energia positiva e de gratidão e que vocês dividiam conosco quando caminham. Já estão dividindo conosco a felicidade que temos de vê-los crescer.

Agradeço aqueles que acenderam as lampadinhas, que piscam – eu gosto muito disso porque embora não pareça para alguns de vocês, uma tradição moderna – ela tem muito significado quando fazíamos ou observávamos na natureza pirilampos que iluminavam aquilo que era escuridão.

Cultivem estas sutilezas culturais porque é isso é o que faz bem à cultura que vocês tem tão contaminada com coisas feias. Eu gostaria que aqueles papeis que vocês abrem para ler, quando acordam, tivessem pirilampos que distraíssem vocês daquilo que nem deveriam estar lendo. Isto não é informação, é ruído.O homem é inteligente – um dia vão fazer estes pássaros de aço voar em silêncio (refere-se ao avião que passa) como as garças.

Estamos terminando o ano e estamos felizes de estarmos com vocês, e ver que vocês estão caminhando – alguns mais lentamente, mas não importa a velocidade. O que importa é não parar e importa é ascender. Nem que seja um pouco mais acima. Esta é a grande lição.

Se não conseguem subir degraus, caminhem em uma colina mas sempre observando algo, sempre querendo alcançar uma coisa acima de vocês, aliás, de todos nós. Muitos pirilampos na vida de vocês. Que iluminem como coroa de luz as suas realizações ou aqueles que ainda não puderam realizar. Mas boa vontade e pensamentos positivos, e um pouco de ação, mesmo que seja pouca – isto é o que fará a vocês a mudança do ano, porque simbolicamente sempre há um fim e um reinício.

Esta simbologia é importante embora não nos importe nem um pouco o calendário que vocês usam mas ele é significativo para esta civilização de vocês. Então não é no primeiro dia do ano, que tudo vai mudar. Mas no primeiro dia do ano, alguma coisa pode estar em ebulição, em mudança – e o que que é? Não importam as coisas externas. Vocês podem estar brilhando um pouco mais, meus lindos pirilampos. Que Deus abençoe a cada um de vocês e a todos nós.

Pedra Alta

Anúncios

Concentrem-se e orem, escutem a sua voz em seu próprio caminho.

Posted in Uncategorized with tags , , on julho 28, 2013 by Helen Ians

sacred way…. Aqueles que caminham de uma forma certa, mesmo tendo obstáculos no caminho, vão seguir os ensinamentos do Grande Espírito e vão, cada vez mais, se aproximar do Grande Pai: a partir do momento em que os guerreiros se concentrem e façam a oração.

E que os guerreiros escutem a sua voz se aproximando do seu próprio caminho, colocando aquilo que realmente é necessário para que os guerreiros façam o seu caminho, a sua viagem aqui na Terra.

Nuvem Vermelha

A força que habita em cada um de vós.

Posted in Arte de viver, Dons with tags , on junho 2, 2012 by Helen Ians

Gostaria apenas de reforçar e relembrar sobre a importância dos irmãos pensarem, sim, que são fortes e que são totalmente capazes de enfrentar qualquer obstáculo que apareça no seu cotidiano. Enfrentar com a energia, com a força do seu corpo físico, mas enfrentar, também, com a força do vosso pensamento. Mostrar que vocês, irmãos, são todos da corrente do bem, mostrar isto através de suas atitudes, de suas palavras, de seus gestos e até mesmo do seu silêncio.

São capazes de dar ao seu próximo aquilo que ele realmente precisa, um ombro amigo, uma palavra certa, seja esta de doçura ou uma palavra mais forte, mas que mostre qual é o caminho, se ele estiver se desviando.

A força que habita em cada um de vós, meus irmãos, é muito maior, muito mais poderosa do que vocês imaginam e do que vocês praticam. Lembrai-vos, portanto, que é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado. E desejem e pratiquem para seu irmão receba aquilo que você gostaria também de receber.

ANA NERI

Se queres conhecer a sua força, coloque-se frente a um obstáculo.

Posted in Conselhos with tags , , on junho 14, 2011 by Helen Ians

Se queres conhecer a sua força, se coloca diante de um obstáculo e tenta ultrapassar. Se queres conhecer a sua paciência, se coloca defronte com seu adversário e tenta minimizar porque assim não é no ataque que os guerreiros vão estar conquistando uma força, sem antes perceber o que os guerreiros são capazes de fazer quando se depara com o obstáculo.

Medir forças com o adversário não é aos gritos tão pouco aos berros e, sim, a sabedoria de ultrapassar aquilo que se encontra, pedindo a sua ultrapassagem Como disse o guerreiro aqui, no silêncio, aprende o que está à sua volta. No silêncio, exercita a paciência. E muitos dos guerreiros que aqui estão, nestas luas, conseguiram, sim, agir mais e falar menos, conseguiram, sim, dominar os seus impulsos, porque se os guerreiros conquistarem o respeito do adversário, dos irmãos que os guerreiros tem a dificuldade em lidar, os guerreiros conseguiram passar pelo primeiro obstáculo e conquistar, não pelo mérito da força, mas sim pelo respeito. E aí sim os guerreiros passam a se colocar diante do teu adversário que nada mais é do que o seu irmão.

Os guerreiros vão aprender a falar e a ouvir, como vocês aqui tem o hábito do jogo da paciência. Não é com euforia que o rei conquista os seus cavalos e, sim, analisando cada passo que ele caminha dentro das suas casas. Não é como muitos guerreiros vem fazendo, para não ficar parado, escolhe qualquer caminho. Porque os guerreiros não são um qualquer e, sim, verdadeiros guerreiros. Se são verdadeiros guerreiros, tem que caminhar diante do caminho da verdade, tem que ter certeza do que estão fazendo, tem que ter certeza do que realmente os guerreiros desejam.

E esta certeza não vai ser pela mente da vaidade, pela mente do orgulho e, sim, do que é racional e como conquistar o que é racional, o que é verdade, se não é com a sua paciência e não vai ser tirando a responsabilidade que cabe a vocês, guerreiros, colocar sobre uma crença.

Os guerreiros mais do que qualquer guerreiro de luz conhecem, assim como todos os guerreiros, conhecem os vossos pensamentos, vocês conhecem os seus pensamentos. E são nestes pensamentos que começa a ter atitudes e com estas atitudes, os guerreiros devem se perguntar para si mesmos, não existe o talvez, existe o certo e o errado. Se a atitude é certa, não terá o talvez que vai ser bom. E, sim,que será bom, que será certo.

Se a atitude é errada, não existe o talvez e, sim, conseqüências. E por que se repete tanto? Porque muitos dos obstáculos que se encontram não somente no caminho mas na mente dos guerreiros, estão na certeza do que você está fazendo. Acreditar no Grande Espírito, confiar que o Grande Espírito irá oferecer a cada um aqui só o que há de melhor para vocês, sim, eles vão estar oferecendo somente o que é melhor para vocês. Mas se neste melhor estiver uma atitude dos guerreiros não vier de encontro à verdade, tenha a certeza que a conseqüência será o resultado da sua escolha.

Se não entendeu, procure pensar e ver as verdades, ver o seu comportamento que, quem sabe, o que hoje esta velha mãe está falando aqui a vocês vai ser entendido pelos guerreiros.

GUERREIRA JOANA

Acreditem nos sonhos para que se tornem reais.

Posted in Ajuda espiritual, Conselhos with tags , , , , , on agosto 18, 2010 by Helen Ians

Quando se faz uma viagem, seja esta na mente dos guerreiros onde os guerreiros podem se transportar para onde desejarem, porque a mente dos guerreiros é livre. A mente dos guerreiros é unicamente de vocês. E quando os guerreiros não se sentem prisioneiros de si mesmos, esta viagem sempre é para lugares abertos, em contato com a natureza, e se a mente dos guerreiros , quem conhece os pensamentos é o Manitu e quando este pede para que os guerreiros deixem de ser prisioneiros e façam a sua viagem, é porque necessitam deixar o medo.

E hoje Joana diz a vocês guerreiros para que fechem os olhos e sintam neste momento e se permitam a grande visão, visão longa. Que os guerreiros respirem fundo e se permitam estar em paz consigo mesmo. Não tente trazer para dentro de vocês o que não for bom. Não tentem se aprisionar a si mesmos com energias que os deixem tristes e amargurados. Não faltem com a verdade consigo mesmos porque assim os guerreiros vão estar se sentindo presos aos seus fantasmas.

Acreditem no sonho e busquem para que estes se tornem reais. Não sejam traídos pelos desejos, desejos de coisas duvidosas porque quando se tem a certeza de um sonho, não existe a dúvida dentro da mente dos guerreiros.

Joana hoje deixa a vocês para que os guerreiros passam refletir sobre o que é real e o que é fantasioso, dentro da sua mente. Quando viestes aqui, viestes para serem felizes e para ser feliz é importante quaquer que sejam os obstáculos, qe nao deixem vocês prisioneiros de si mesmos mas, sim, guerreiros que traçam as suas batalhas e nelas se tornam vencedores.

Guerreira Joana

Definam sua estratégia de guerra e superem os obstáculos.

Posted in Arte de viver, Conselhos with tags , , on junho 3, 2010 by Helen Ians

Que os guerreiros comecem a traçar uma estratégia de guerra no seu caminho. Quando os guerreiros tem a sua estratégia de guerra, os obstáculos que aparecem no caminho do guerreiro, ele, com sua estratégia, com sua força, com sua energia boa, acaba passando pelos obstáculos.

Mas, quando o guerreiro se acomoda, achando que o obstáculo é impossível e acaba convivendo com este fantasma do dia-a-dia, pergunto: Por que, guerreiro, viver com este obstáculo, sendo que tem tudo para passar pelo obstáculo, guerreiro? Se o guerreiro tem a força da guerra, se o guerreiro tem a energia boa, por que se acomodar guerreiro?

Quando estes obstáculos aparecerem no seu caminho, não encare este obstáculo como o mais difícil e, sim, como mais um. Lembre dos obstáculos das luas passadas, que o guerreiro conseguiu com sua boa energia, com sua guerra, passar. Em vez de ficar dando espaço para o fantasma, por que o guerreiro não dá espaço para a força da guerra?

O guerreiro sabe como é vencer uma batalha, já sentiu o gosto da vitória da guerra, mas muitos guerreiros preferem conviver com o fantasma, levando o obstáculo cada dia mais para a frente na vida dos guerreiros. Sabendo que os guerreiros podem passar pelo obstáculo. É preguiça dos guerreiros.

Que os guerreiros reflitam e procurem traçar sua estratégia de guerra.

Chaleira Preta

Mais motivos para agradecer do que pedir.

Posted in Ajuda espiritual, Ensinamentos with tags , , , on maio 7, 2010 by Helen Ians

Gostaria de relembrar aos irmãos que todos aqui, sem exceção, possuem muito mais motivos para agradecer do que a pedir. Agradeçam, então, irmãos, ao seu lar, para onde vocês retornam todas as noites. Agradeçam vosso trabalho, de onde tiram o vosso sustento.

Agradeçam os amigos que convivem com cada um de vocês e, como já foi dito, ninguém está no caminho do outro por acaso. Se alguém passa pelo vosso caminho, estenda-lhe a mão, escute a sua história, divida com ele o seu bom dia, divida com ele os seus objetivos, o seu bem querer.

Agradeçam também irmãos os obstáculos pois deles depende muitas vezes o vosso crescimento. Aquele que o enfrenta, que o encara de frente, busca a sua vitória, entende o seu caminhar, evolui diariamente. Aquele que agradece o raiar do seu novo dia e que deposita esperança, que deposita vida, só pode colher bons frutos.

Então, irmãos, agradeçam muito mais do que pedem. Como foi dito, não é necessário estar em consulta, para ser atendido. É necessário que façam a vossa parte, é necessário que lutem, que não esperam as coisas caírem do céu, como muitos o fazem. É necessário que caminhem com amor, com determinação, com bons pensamentos e que dependam sim da oração, que dependam , sim, do caminho da luz, e que a cada dia busquem nosso grande Pai, dentro de vossos corações. Agradeço a oportunidade de estar mais uma vez nesta Casa de Luz e peço a Deus que abençoe a todos.

Ana Neri