Como o guerreiro deve caminhar na Terra.

o caminho do grande guerreiroPrimeiro, Cacique agradece as palavras, as mensagens já deixadas aqui pelos nossos irmãos, mensagens fortes, mensagens deixadas com amor, carinho, para cada um de vocês, aqui, guerreiros, sobre como o guerreiro deve caminhar na Terra.

O limpar à sua volta. Aquele guerreiro que limpa à sua volta é porque realmente não quer energia ruim. Como Cacique falou aos guerreiros estas luas para trás, não aceitem energia ruim e também tenham cuidado, como Cacique disse luas para trás, agora, da imagem que um guerreiro deve ter para caminhar tranquilo, em paz, e sem julgamento. Que é a história que guerreiro Peão contou aos guerreiros, da maçã, como diz Guerreiro Lobato, na boca do leitão. Como disse guerreiro Pedra Alta, e bem dito, esta construção que deve ser feita no passo a passo, lua a lua, esta é a principal guerra hoje em dia que um guerreiro vai ter no seu caminho. Que quando se tem verdade, boa vontade, como disse a guerreira Juraci, apenas uma frase serve.

Amar ao seu próximo. Como diz o guerreiro Peão, é aquele que os guerreiros colocam dentro do seu círculo sagrado. São realmente aqueles guerreiros que estão à sua volta, que caminham com você, que ultrapassaram aquela linha que separa a verdade da mentira, e estão lá dentro. Por isso a frase deixada, que resume todas as outras. Como disse guerreiro Guardião, esta energia que é feita aos guerreiros, que é colocada, transcrita em determinado lugar (obs. refere-se às dez leis do Criador), é para que os irmãos lembrem lua-a-lua. Muitos só dão o passo quando estão caídos na terra. Como diz o guerreiro, aí acordam e buscam se transformar. Só que a pergunta que fica aos guerreiros, e no momento da alegria, no momento da paz, será que os guerreiros estão dando valor necessário e estão percebendo como vale a pena, na língua de vocês, como é sagrado ter a paz, estar em paz, como diz guerreiro Lobato, e sentir esta energia pura que os guerreiros vão encontrar em seu caminho?

Quando Cacique fala “encontrando”, não é que vão buscar, é porque, como bem disse o guerreiro Pedra Alta, o guerreiro vai plantar, aperfeiçoando, e aquilo que é plantado direito, bem feito, aquilo que é feito na verdade, o retorno vale a pena. Por isso a transformação é lua a lua, dia a dia, e o olhar para dentro de si, a mesma coisa.

No chão é necessário ter atenção, quando estão caídos, mas também quando estão na plenitude da alegria, da paz. É olhar para dentro de si e fazer o certo. Olhar para dentro de si e perceber como Cacique já disse o quanto vale a pena o sagrado, a sua conquista que é de direito, e aquilo realmente que um guerreiro idealizou, como diz Guerreiro Lobato, em seu caminho.

Esta perfeição é a conquista, de direito de cada guerreiro, sagrada. Não é por um caminho melhor. Tem consequência o caminho melhor. O motivo é, sim, sou abençoado pelo Grande Espírito e eu quero melhorar, eu quero transformar, eu quero encontrar esta paz. Porque é isso que me completa, é isso que me deixa tranquilo, em paz e completo no caminho Sagrado do Grande Espírito.

Ter o conhecimento daquilo que busca é o mais importante. Porque quem busca qualquer coisa e qualquer coisa serve, está perdendo o seu tempo, precioso, e por muitas vezes estragando a si mesmo, estragando um caminho, estragando o seu espiritual, estragando o emocional, o corpo físico. Os grandes guerreiros, de guerra, por mais que conhecessem, na língua de vocês, a sua força, por mais que soubessem até onde podiam chegar, também se limitavam, para guardar energia, para não fazer como vocês falam na Terra um teste pela curiosidade, como é dito, e os guerreiros caírem novamente.

Se estão felizes, completos, o que mais buscam? Como Cacique dizia em Terra, em vida: Grande Espírito está dando neste momento a paz e dando a cada um de nos aquilo que é de merecimento e aquilo que a gente precisa. É só manter, nem mais nem menos, o equilíbrio, e manter uma nação completa. Manter a nação para Cacique, é que cada um de vocês é uma nação para nós, porque cada guerreiro aqui é uma história, é único na Terra, cada guerreiro aqui, reencarnado já algumas vezes. Cada guerreiro reencarna na Terra com muita bagagem, ou pouca, por isso cada guerreiro é único, como se fosse uma nação. Esta é a visão nossa em relação a vocês. Por isso esta luta de manter, mas olhando para dentro de si. O manter não é se calar, o manter é olhar para dentro de si e perceber como disseram os guerreiros aqui, lapidando, lua a lua, para que vocês, guerreiros, se transformem.

Quando Cacique fala transformar, sim, também em guerreiros melhores. Mas se os guerreiros pensarem que em determinados momentos os guerreiros podem se tornar melhores ou não, dependendo do que estão passando, dependendo daquilo que colocam em sua mente, da forma que resolvem, na língua de guerreiro Lobato, isto é relativo em relação a um caminho, em relação à vida.

Aí Cacique se lembra da história de muitas luas atrás que contou para os guerreiros quando um guerreiro entrou em um “salon”, como na época se falava. Quando este guerreiro entra, um guerreiro parado na porta olha para a cara deste guerreiro, dá um soco no rosto do guerreiro, o outro guerreiro pega a arma, atira, e o guerreiro morre. A pergunta que fica e já foi feita muitas luas atrás em nossas reuniões, é quem está certo e quem está errado. Quem é o errado da história. O guerreiro entrou quieto, do nada, como diz o guerreiro Lobato, foi esbofeteado, o outro guerreiro pega a arma e atira e o guerreiro morre. Quem é o guerreiro errado?

O melhor para cada momento. Por isto, a transformação é única porque se for olhar o momento, cada guerreiro vai reagir de uma forma. Agora, manter esta energia de aperfeiçoamento de si mesmo e saber o seu limite em relação a tudo, ao momento, este é o segredo dos grandes guerreiros na Terra. Para o guerreiro fazer a sua caça, não existe apenas uma forma, existem várias. Basta naquele momento colocar à sua frente, perceber qual é o melhor para aquele momento, porque se for na lua do dia seguinte, a mesma caça, em outra situação, pode alterar e mudar, como acontecia com aldeia nossa. Uma coisa fazer caça atrás de tatanka (búfalo, na língua de vocês), quando há neve; outra coisa fazer, na lingua de vocês, grande sol forte. Diferente. Lua da neve, mais estratégia para alcançar o objetivo. Lua do sol forte, de outra forma, para alcançar. A caça é a mesma. Por isso guerreiro Peão contou para vocês guerreiros história do mar, que o mar é o mesmo. Basta saber lidar no momento que está tranquilo, hoje, e no momento que está bravo, como os guerreiros falam, na lua do dia seguinte.

Só que antes da caça é preciso se preparar e este momento de preparação nossa, traduzindo para vocês e colocando no mundo de vocês, hoje, é olhando para dentro de si e percebendo o que estão fazendo para caminharem e para alcançarem aquilo que buscam, aquilo que desejam realmente – de verdade.

Fazer pesca, como os guerreiros falam, é de uma forma; caçar tatanka é de outra forma. Não é a mesma coisa. Existe um preparo para as duas. Existe uma transformação que deve ser feita para as duas. E é esta transformação, é este momento antes, antecipado, como já disse o guerreiro Peão, para vocês, que é onde os guerreiros devem tomar o cuidado necessário para que a lua do dia seguinte dê certo. Os guerreiros aqui hoje em dia não tem o costume de se prepararem, apenas vão e não sabem o que vão encontrar.

Busquem antecipar na língua de vocês, que é uma lua antes, aí sim, aí tudo caminha como está agora, em silêncio, em paz, para que as coisas dêem certo. É o que deseja a corrente a todos vocês, guerreiros, aqui nesta Casa de Luz, que todos tenham esta, como diz guerreiro, sensatez da busca, sensatez da paz, para que as coisas, no caminho de vocês, caminhem em paz, tranquilas, alegres porque, aí, sim, a nação de vocês, como únicos que são na Terra, vai estar feliz e com bandeira sagrada, como vocês falam, hasteada, para lembrar a todos que existe o motivo para a luta, existe o motivo para a guerra, existe o motivo. Quando Cacique fala guerra, é a guerra da transformação de um guerreiro pelo outro. Quando olham a bandeira, quando olham a si mesmos, esta é a guerra que Cacique fala para vocês. Existe um motivo e o motivo está lá. Quando a raiz é forte, se ela estiver bem fixa, como os guerreiros falam, ela vai se manter firme por muitas e muitas luas, mesmo até quando um guerreiro não conseguir enxergar mais. Assim como aconteceu com Cacique, já velho, idade avançada, não tinha mais visão, mas podia sentir à sua volta. Grande Espírito dá oportunidade a vocês, guerreiros, desta paz interna, desta paz à sua volta, mesmo sem enxergar, o sentir é o mais importante.

É este sentido que os guerreiros hoje em dia precisam ter. Que o Grande Espirito abençoe a todos.

Cacique agradece aos médiuns aqui da Casa pela energia de todos, pela dedicação aos trabalhos, a todos vocês guerreiros que estão aqui, que dão o passo para encontrarem a si mesmos a cada lua, para encontrarem a resposta que precisam. Procurem sentir o seu caminho, procurem sentir antes do caminho, antecipando a si mesmos. Este é o começo.

Que os guerreiros tenham boa volta, abençoados pelo Grande Espírito, abençoados pela energia maior que controla, que guia a todos nós, guerreiros de luz.

Que o Grande Espírito abençoe a todos. Cacique agradece a cada guerreiro, a cada guia aqui da Casa, pela proteção a seus médiuns, pela proteção aos guerreiros escolhidos, que protegem e mostram o caminho  a direção, que continuem vocês, guerreiros de luz, em um caminho ou em outro, limpando o caminho de cada irmão de boa vontade, honrando o seu compromisso, mantendo na matéria a energia, o alimento que vocês guerreiros guias precisam para que todos nós continuemos com o nosso trabalho, que é com grande satisfação e alegria que  corrente serve a vocês guerreiros aqui na Terra.

Que o Grande Espírito abençoe a todos.

NUVEM VERMELHA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: