Tomem conta do que realmente vale a pena.

ciganoEu vou completar o que o meu amigo, companheiro de guerra e de luta, Guardião, acabou de dizer – que é na ponta da espada que também se vence a guerra. A ponta pode ser a mente ou, de fato, a ponta da espada. Quando se luta por aquilo que realmente se quer, a pessoa conquista, a pessoa vence e para isso é preciso ter aquilo que muitos às vezes esquecem que é a determinação naquilo que está escolhendo, não importa o quê. Se está escolhendo um bom trabalho, se está escolhendo um bom caminho, se está escolhendo a cura, a determinação na ponta da espada, quando é feita, como disse e bem dito pela irmã Juraci, regra é para ser seguida. Na minha época (em uma das passagens, vamos dizer assim, para a coisa ficar mais branda) – quem saia da regra, perdia a cabeça.

Vocês, aqui, que estão nesta época caminhando, como já foi dito e também bem falado, se a alegria está dentro de cada um, é para buscar a alegria. Quantos eu vejo aqui perderem aquilo que é sagrado, que colocaram no caminho de vocês, porque pensavam de um jeito e a atitude era outra.

Aí entra naquela história de pessoas que eu conheço, que às vezes vão a certos lugares ou até mesmo aqui, que há vinte anos estão pedindo a mesma coisa e nada acontece. Será que o problema é o centro espirita, será que o problema são os guias? Está na hora de acordar e olhar para dentro de si.

Eu me lembro de uma história que alguns aqui já conhecem. Para resumir a tal história, a mãe não se dava com a filha, briga daqui, briga de lá. A mãe pensou em mandar a filha morar com a irmã e pensou: melhor não, ela vai criar um inferno na casa da irmã.

Aí a mãe resolveu olhar para dentro de si, em um momento único que ela teve, pois era também meio destrambelhada. Em uma reza que fez, ela pediu a um anjo que mostrasse o melhor caminho para as duas.

Numa bela madrugada, a moça acordou mais cedo (a mãe), e voltou a dormir. Bateu aquele sono, a moça capotou na cama e apagou que não viu mais nada.

E a história começa assim: ela teve o seu encontro com um anjo, em uma luz que estava à sua frente. O anjo dizia: venha até aqui. Ela não sabia se dava o passo ou não, mas teve coragem: bem, eu pedi tanto uma luz e estou vendo uma luz, e agora eu vou entrar nesta luz e ver o que acontece.

mulher proxima do rioEla seguiu o anjo, atravessou uma luz, até que chegaram a um portal e o anjo falou: senta. Era do lado de um rio, ele fez a moça se aproximar do rio e colocar o rosto próximo. Na mente da moça, ela iria encontrar seu próprio reflexo. Mas não foi o que viu. Viu a própria filha refletida do outro lado.

Ela rapidamente voltou e disse para o anjo: não sou eu, é minha filha.

Ele falou: sim, é sua filha. Você quer encontrar a cura para vocês duas? Como você pediu uma ajuda para mim, eu vou mostrar o caminho. Vocês são muito parecidas e aquilo que está dentro de você, de ruim, o jeito desorganizado que você leva as coisas, de qualquer jeito, é o mesmo jeito dela. Incomoda nela, por isso esta briga toda. Uma é o reflexo da outra. Enquanto você, mãe, não olhar para dentro de si, e se ajudar, e não melhorar, e não mudar a si mesma, a sua filha vai continuar do mesmo jeito, porque ela é o seu espelho. Que exemplo você vai dar para a menina? Que exemplo?

E assim o anjo trouxe de volta a mãe para o sonho, ela acordou e fez realmente a mudança que precisava. Ela mudou, transformou, e aos poucos a menina também foi tomando jeito. Por isso por certas vezes, ou na mente, a mudança, ou na ponta da espada, pela dedicação e pela força – porque a ponta da espada não é só guerra. Dentro de uma guerra existe paz também. Tem gente que se sente em casa, e em paz, dentro da guerra.

Quando a gente vê as coisas, porque às vezes passa o tempo e a conversa é a mesma. O que pede é a mesma coisa, e as coisas não mudam porque você não muda. A sua cabeça não mudou, sua atitude não mudou. Aquele que está predisposto a mudar, a transformar a si mesmo, alcança. Por que alcança? Porque não tem medo, não tem receio, tem determinação. Sabe que está buscando, como dizem os índios, dentro da sua verdade.

Nesta noite não poderia ser diferente, que é a noite de conquista, é a noite de alegria, é a noite da limpeza, é a noite de um começo de um novo caminho para todos, e eu tenho certeza de que aqueles que tiverem força, vão conquistar o que vieram buscar. E não é porque estão vindo aqui, ou porque os guias aqui são fortes – tudo isto é bobagem. É porque vocês estão lutando.

Comecem a se valorizar mais porque vocês estão lutando. Nós já sabemos que existe a força de ajuda espiritual, existe a proteção, mas deixa isto para a gente. Lembrem-sede que vocês têm força, de que vocês estão dando o passo para tudo isso acontecer, cada um de um jeito aqui. Uns para a transformação da mente, outros para o caminho, outros, a cura, e por aí vai. Já são vitoriosos.

Aqueles que estão batendo na mesma tecla, vão continuar batendo na mesma tecla. E não vão chegar a canto nenhum. Como eu já disse, uma vez, e vou repetir aqui: uma bela feita, escutei um sujeito que dizia – isso faz muito tempo atrás: eu vou fazer isso, eu vou fazer aquilo, eu vou fazer tudo certo, eu vou chegar do outro lado, vou passar desta para melhor. O sujeito fez tudo isso mas quando chegou do outro lado, as coisas não eram bem como está escrito nos livros. A pergunta é: vão começar a dar oportunidade de serem felizes, quando? Quando passarem do outro lado, a historia é outra.

Se estão aqui, é para ser feliz aqui. Conselho que eu dou para cada um: sejam felizes aqui e, quando chegarem do outro lado, vocês negociam.

A conduta de cada um é que vai moldar a sua energia, seu espírito, sua alma. A conduta de cada um é onde você pisa, é onde vocês estão pisando. Vocês podem pisar em uma grama macia mas podem encontrar a cobra na frente. É preciso ter muito cuidado.

(dirige-se uma participante) Por isso, Marina, meus parabéns pela formatura, pela conquista, todos nós sabemos aqui de sua luta, outras virão e eu tenho certeza que a vitória te acompanha.

Marina: Obrigada a vocês por todos os conselhos e por sempre estarem do meu lado.

Eu vou aproveitar nesta noite – na hora de apontar o dedo, eu sou o primeiro a apontar, na hora de levar e encaminhar – que é o meu trabalho aqui na corrente – espírito perdido ou que está amolando, ou para se tratar, ou para se tratar no inferno, sem muita fantasia nas coisas. Agora, quando é para apontar de outra forma, também a gente aponta. Nada mais merecido e nada mais justo.

E hoje dentro da justiça que é o que eu gosto- onde a gente trabalha com a justiça… há muito tempo atrás quando foi formado este grupo que está aqui, alguns chegando depois, outros um pouco mais para frente, uns mais antigos, e quem comandava o grupo aqui, na matéria, era o irmão Augusto. Seu guia era o Prof. Policarpo, um médico, não só ele como uma falange inteira de espíritos que acompanhavam para desenvolver e fazer o trabalho, até porque foi ele que montou este grupo inteiro aqui, e por muito tempo dedicando aos trabalhos, à ajuda espiritual, dedicando ajuda ao próximo, e deixando ao guia Prof. Policarpo, onde ajudava o espirito Prof. Policarpo e seu médium da mesma forma, toda 2ª feira, assim como é feito hoje, e muitas vezes no meio da semana, doava seu tempo para a espiritualidade.

Às vezes, eu vejo alguns reclamando que não encontram tempo para vir até aqui, ou para outra qualquer Casa espirita, que não encontra tempo para se ajudar, que não dá o passo. Mas este moço que está aqui hoje, ele com a idade que tem, ele ainda dá o passo, ele ainda ajuda e continua ajudando com a idade que tem, e é claro que a corrente o acompanha e ajuda que todos aqui sabem e, de uma forma e de outra, vai equilibrando sua energia, e saúde, onde todos os espíritos que ele ajudou tomam conta de sua matéria e de seu corpo.

(falando com uma pessoa presente): Irmão João, eu vou pedir que você venha aqui, e vou pedir a todos uma salva de palmas (batem palmas). Beirando quase 90 anos, ainda tem força para doar sua energia.

Irmão João: Que a paz esteja com todos!

(após lhe transmitir energia, Peão fala): Que assim seja, que Santa Luzia abençoe o irmão. Que continue com toda esta força e dedicação. E que todos escutem aqui: Fé e Esperança em que a cada dia que acorda, o dia vai ser melhor. É com esta energia, esta força, este exemplo, não precisa falar mais nada e que pode ser enxergado com o olho da alma, não com o olho normal mas o olho de vidro que a gente consegue ver. Quando fizerem corpo mole para qualquer coisa, lembrem do exemplo aqui. É uma honra e uma satisfação tê-lo aqui no meio de todos nós aqui.

Por muitas vezes, Deus vai deixando o exemplo para vocês, ou o anjo, e vai mostrando que o caminho é simples de percorrer. Que o caminho, quando se tem a força necessária, se torna harmonioso. E quando nenhum tipo de energia consegue tirar você do caminho, que é o caso do moço com 89 anos e ainda trabalha e ainda ajuda, é claro que o caminho se torna mais tranquilo, pela dedicação, pela fé, porque conseguiu mudar dentro de si, transformar dentro de si, transformar para melhor, transformar para conquistar. É a conquista, como os índios falam aqui, do irmão pelo irmão.  Eu espero que todos aqui tenham um caminho tranquilo, feliz, e que saibam viver da melhor forma.

Aproveitem. Quando eu falo aproveitar não é com bobagem. A primeira pergunta é: o que eu quero? Como eu já disse há um tempo e digo apenas um exemplo: não combina querer casar e ir para a festa, ou ter atitude de solteiro. Assim como não combina um monte de coisa também.

Como eu já disse há um tempo, ou mais exatamente o ano passado, aquele que está buscando a cura não vai pedir para o governo melhorar a economia ou sei lá o quê. Aquele que está buscando outra coisa, também não vai pedir isso. Vai pedir é o momento. Tudo cabe no momento que vocês estão passando. Se é a cura, tenham fé que vocês vão se curar. Eu tenho certeza disso. Todos aqueles que se aproximaram desta ou de outra Casa, com fé, esperança e determinação. Todos aqueles que tiveram o propósito de serem verdadeiros com si mesmos, tirando o ego, a vaidade – que, para mim, é a pior coisa que o ser humano tem. Aquele que sabe que é, que sabe que é bom, não precisa ficar se vendendo, porque na hora do vamos ver, vai e resolve. Sempre foi assim, desde aquela época.

Os sinais, Deus deixa com vocês todos os dias. Certo, Marina?

Marina: Certo.

Para vocês verem quando se caminha com um propósito de conquista, é na ponta da espada. Que a Santa Luzia abençoe cada um aqui nesta Casa.

Todos são convidados a fazer este novo caminho, não importando se com os índios, se com os ciganos, se com os africanos até porque a corrente é uma só. A nossa luta é que vocês tenham alegria e caminhem mais leves.

carroçaTem um ditado cigano, que eu gosto muito – que é o meu povo: aquilo que vocês levam na carroça de vocês, se ficar para trás ou cair, deixa, é um peso a menos que vocês estavam carregando e estava te fazendo mal.

Tem outro lado da moeda: cuidado com aquilo que está dentro da sua carroça e vocês conduzindo, e não pegarem aquilo que é ouro dentro da carroça – vocês sabem que cigano gosta de outro – e jogarem fora.

Eu já vi muitos aqui com a carroça lotada de ouro, deixando cair pela desatenção, deixando cair pela forma errada de estar conduzindo a sua carroça. Tomem conta daquilo que realmente vale a pena. Que a Santa Luzia abençoe vocês.

REUNIÃO EM 9FEV2016

Só para lembrar, estão pedindo para eu falar – para quem ainda não sabe, na semana que vem, nós vamos, como diz o meu amigo, quebrar o protocolo, e vamos ter trabalho, sim, na semana que vem, do Carnaval. A maioria dos centros não trabalha no Carnaval porque tem espírito isso, aquilo, mas aqui vai ter trabalho, sim. Consulta, trabalho, reunião. Nossa preocupação não é com a festa de carnaval e com espirito que atrapalha, porque o que atrapalha a gente leva embora.

PEÃO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: